Núcleo de Psicanálise de Coimbra

O Núcleo de Psicanálise de Coimbra está filiado na Sociedade Portuguesa de Psicanálise, sendo constituído por membros da mesma, radicados na região centro. Tem como propósito divulgar e promover a prática da psicanálise na zona centro, numa relação com outras áreas do conhecimento. Para além da clínica psicanalítica, desenvolve na comunidade atividades formativas e encontros científicos nacionais e internacionais periódicos.

 

Membros:

Ana Pais (Aveiro) - Membro Candidato

António Rafael Rodriquez Agostinho Neves - Membro Candidato

António  Mendonça (Coimbra) - Membro Titular

Conceição Melo Almeida (Coimbra) - Membro Titular

Eugénia Soares (Leiria) - Membro Associado

Isabel Catarina Nunes do Amaral - Membro Candidato

João Keating (Coimbra) - Membro Candidato

João Santana Lopes (Coimbra) - Membro Candidato

Rosa Rebelo (Coimbra) - Membro candidato

Sónia Ferreira (Aveiro) - Membro Candidato

Sónia Soares Coelho (Coimbra e Aveiro) - Membro Candidato

I Encontro png.png

I Encontro de Psicanálise de Coimbra | 2016

EXPRESSÃO ACTUAL DO SOFRIMENTO PSÍQUICO

As transformações culturais, sociais, ideológicas, tecnológicas e económicas das últimas décadas têm implicado transformações nas relações, nos modos de experienciar a realidade e nas  formas de viver o sofrimento psíquico. Destas  mudanças decorrem necessariamente alterações na compreensão do adoecer psíquico, bem como na conceção das intervenções terapêuticas para o transformar e dos dispositivos técnicos utilizados.

 

Estes encontros pretendem-se um espaço e um tempo para repensar a relação entre o que muda e o que permanece- nas  formas pelas  quais se adoece psiquicamente, na sua compreensão e na concepção de abordagens terapêuticas que lhes  respondam- reflectir  sobre os desafios colocados por estas  mudanças na clínica psicanalítica e psicoterapêutica.

IIEncontro.png

II Encontro de Psicanálise de Coimbra | 2018

I Encontro de Investigação em Psicanálise

DA CLÍNICA À INVESTIGAÇÃO

Neste Encontro procurou-se criar um espaço de confluência entre o pensamento clínico e a investigação, abrindo-nos a um tempo em que ambos se interligam, tanto na exploração das formas pelas quais se adoece psiquicamente, como na construção de mudanças terapêuticas. Pretendemos, assim, fazer uma reflexão e uma partilha no âmbito da investigação e da clínica psicanalíticas, focando não apenas o contexto mais tradicional da investigação clínica, mas também aspetos mais específicos e inovadores, no âmbito metodológico, dos procedimentos de análise e validação de dados, da psicopatologia infantil, juvenil e do adulto e da avaliação dos processos de mudança em psicoterapia. Tal espaço de encontro pretendeu criar uma oportunidade para juntar e aproximar clínicos e investigadores que em diferentes instituições e em diversos planos de intervenção têm vindo a procurar desenvolver um trabalho de base psicanalítica.

III Encontro (1).png

II Encontro de Psicanálise de Coimbra | 2020

TRANSFORMAÇÕES E CRESCIMENTO MENTAL

"É só um breve momento. Alguns segundos e a onda dissolve-se no mar outra vez". 

Karl Hagemeister (1848 - 1933)

 

Os acontecimentos da vida existem num inexorável fluxo, numa constante evolução e mudança. Assim é com o trabalho psicoterapêutico e psicanalítico. 

Todo o processo terapêutico consiste numa sucessão de contínuas transformações, na mente do paciente, na do terapeuta e na configuração do curso da terapia. Das emoções em si, muitas vezes dolorosas, até às narrações desejantes, que cada um adota como verdades subjetivas, mais toleráveis e construtivas. 

Este III Encontro pretendeu refletir e debater o que se passa nesta cadeia de fenómenos que acontecem entre os enunciados do paciente e do terapeuta, naquilo que através dela muda, pela elaboração da dor mental, e no que permanece invariante, consolidando o sentimento de identidade. 

Sabemos que as mudanças no psiquismo do paciente vêm, inevitavelmente, acompanhadas da turbulência entre a esperança e o luto. Mas este inerente conflito é, no entanto, essencial para que se possa aprender com a experiência e condição imprescindível à expansão mental.